VÍDEO-HISTEROSCOPIA DIAGNÓSTICA EM INFERTILIDADE

Ao atendermos as pacientes com infertilidade procuramos saber quais são as suspeitas e como o tratamento esta sendo conduzido.

Basicamente três situações são questionadas: se a histeroscopia é para um exame investigativo inicial; se a paciente esta sendo preparada para uma inseminação artificial ou para uma fertilização in-vitro.

Os parâmetros mais relevantes são:

  • Desvios atípicos do trajeto interno do colo e cavidade uterina
  • Alterações da vascularização
  • Alterações no desenvolvimento do endométrio
  • Presença de pequenos pólipos em locais estratégicos
  • Presença de miomas próximos a camada interna do útero
  • Avaliação da reatividade do útero à passagem da ótica
  • Avaliação da passagem do gás (CO2) pelos orifícios tubários

VÍDEO- HISTEROSCOPIA CIRÚRGICA EM INFERTILIDADE

Nas pacientes com infertilidade a técnica também é executada de maneira diferenciada, procuramos sempre realizar de uma forma ainda menos invasiva, para que o útero recupere suas funções o mais breve possível.

Cuidados especiais são tomados na resseção de pólipos, miomas, septos, sinéquias e estimulação endometrial. Utilizamos conjuntos histeroscópicos com maior capacidade de resolução e, ao mesmo tempo, os mais finos possíveis visando sempre diminuir a agressão ao útero.